20/06/09


Anónimo na Alameda de Lisboa, nas comemorações do primeiro de Maio

2 comentários:

Nhua disse...

eu já disse que quando "for grande" quero fotografar como tu, não disse? :)

André Rabaça disse...

Não há aqui segredo nenhum. Ler, trabalhar, experimentar. Hoje em dia com as máquinas digitais é tudo mais fácil. Quando comecei, tinha de comprar e revelar os rolos. Imaginas quanto dinheiro mandei à rua?

Beijinhos